You are using an outdated browser. For a faster, safer browsing experience, upgrade for free today.

Gastrites e úlceras pépticas em estômago e duodeno

A gastrite nada mais é do que a inflamação da mucosa do estômago. Essa inflamação desenvolve-se como uma resposta do organismo quando ocorre uma agressão à sua integridade. Entretanto, essa resposta pode ir além da normalidade e levar ao desenvolvimento de sinais e sintomas característicos dessa doença. A agressão que desencadeia o processo pode ser aguda ou crônica e, de acordo com seus tipos, podemos classificar as diversas formas de gastrite.

A úlcera é definida como um defeito na parede gástrica (estômago) ou duodenal (duodeno) que ultrapassa uma camada mais profunda da mucosa gástrica.  A processo de formação da úlcera é multifatorial e está relacionada com o desequilíbrio entre a produção ácida e fatores protetores gástricos. O principal fator envolvido nesse desequilíbrio e responsável pela maioria das úlceras gastroduodenais consiste na infecção pela bactéria Helycobacter pylori. O segundo fator mais frequentemente associado às lesões pépticas são os medicamentos anti-inflamatórios não esteroides

Sintomas

- Dor constante no estômago, principalmente em forma de queimação;
- Sensação de estômago cheio ou inchado;
- Enjoos e vontade constante de vomitar;
- Perda de peso.

Tratamento

O tratamento tem como base a terapia para inibir a secreção ácida. Nos casos de úlcera associada a infecção pelo Helicobacter pylori, também é necessário o tratamento desta infecção. O gastroenterologista deve ser procurado para investigação, tratamento e acompanhamento.